DAO (Decentralized autonomous organization), em português Organização autônoma descentralizada, é um tipo de organização que se governa pelas regras codificadas no código do programa (Smart Contract) em que corre. E em que a tomada de decisões é transparente e não influenciada por um governo central.

Ao invés da organização de uma empresa tradicional de cima para baixo (Top-Down) começando no CEO e acabando nos funcionários. Numa DAO a governação geralmente faz-se por consenso no numero de votos registado na blockchain. Geralmente os tokens (criptomoeda) de uma DAO são também chamados Governance Tokens ou tokens de governação, porque dão poder de voto nas decisões da organização. Sendo que quem tem mais tokens de governação tem um poder de voto proporcionalmente maior.

Como funciona um voto numa DAO (Organização Autônoma Descentralizada) 

Numa DAO, as transações financeiras, registos e todas as tomadas de decisão da organização são registadas e mantidas numa blockchain, onde podem ser consultadas a qualquer momento. Este tipo de organização é muito recente e ainda não tem um estatuto legal bem definido.


Porque os tokens de uma DAO são valiosos?

Os tokens de uma DAO, ou governance tokens como são usualmente chamados, podem ter muitas aplicações mas uma das principais razões que estes se tornam valiosos é porque quem os tem na sua posse ganha poder de voto no futuro da organização, sendo assim as pessoas interessadas em fazer parte destas votações irão acumular os tokens e terão interesse em ter mais poder de voto. Assim, os tokens vão subir a sua valorização.

Exemplos de DAOs ou Governance Tokens

Abaixo um exemplo do portal de governação do exchange 1INCH , um dos mais famosos agregadores de Defi, onde os utilizadores podem votar no valor a cobrar pela swap fee (Taxa de troca) do serviço, entre outras coisas

Portal de governação do Exchange 1INCH

Abaixo o Portal de governação do Uniswap que mostra as várias propostas submetidas pela comunidade e o estado das propostas.

Governance tokens do Uniswap